O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

Senador-presidente na contramão (*)

 

Ambição de Davi Alcolumbre (DEM-AP) é apoiada por duas dúzias dos colegas; pouco mais, talvez. O presidente do Senado pretende alterar o regimento interno e a Constituição para renovar, na mesma legislatura, o mandato de dois anos no ‘trono’ do Congresso Nacional.

Parlamentar com passagem na Câmara dos Deputados e tentativa de governar o seu estado – terceiro lugar, em 2018 –, é criticado por vários senadores que o apoiaram no embate dele com Renan Calheiros (MDB-AL),  inicialmente favorito para retornar ao comando da Casa.

Não só pretendentes à cadeira presidencial, no pleito de fevereiro do ano passado, que desistiram para votar em Alcolumbre – e assim impedir que Calheiros voltasse à chefia do Poder Legislativo – estão decepcionados. Amplia-se número de opositores ao colega “que falhou no cargo”.

Contrariedade começou quando ele derrubou a CPI da Lava-Toga para investigar integrantes de tribunais superiores do Poder Judiciário. Também não pautou em plenário projeto que modificava o Código de Processo Penal para permitir condenação em segunda instância.

 

(*)  walgom.com.br

(*) @bloguewalgom

(*) @Tervalsegom, no Twitter

Sem comentários
Escrever um comentário