O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

DEM está com desconfiômetro ligado

Nem como balão de ensaio, o Democratas (ex-PFL) expõe suas referências nacionais na lista de pré-candidatos ao Palácio do Planalto.

ACM Neto (ladeado por Rodrigo e Caiado), prefeito reconduzido de Salvador e presidente nacional da legenda, deve ser o representante dos democratas liberais no embate de 2022 para governador da Bahia.

Ronaldo Caiado, governador de boa aceitação em Goiás,  deve tentar o segundo mandato. Em 1989, então quadro do PSD, concorreu à Presidência da República e conquistou apenas 1% dos votos válidos.

O deputado-dirigente da Câmara, Rodrigo Maia foi testado como candidato à prefeitura carioca em 2012, mas foi excluído no primeiro turno com menos de 3% de apoio.

Fala-se, sim, que o DEM não espera mais que complemento da chapa presidencial em 2022.

 

walgom.com.br

@Tervalsegom, no Twitter

Sem comentários
Escrever um comentário