O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

Análise de moristas do Legislativo

 

Parlamentares do grupo de apoio à gestão do ministro da Justiça e Segurança Pública entendem que o presidente da República “agiu de caso pensado” para enfraquecer Sergio Moro ao aceitar inclusão do juiz de garantias no Pacote Anticrime.

Dois senadores foram adiante. Um deles eleitor de Jair Bolsonaro ano passado. Com outras palavras chegaram à mesma análise do que representou o pensamento coletivo das excelências contrárias à criação do fiscal de juiz condutor do processo.

Segue síntese dos comentários:

“A sombra de Moro incomoda Bolsonaro se o auxiliar de agora for concorrente na eleição de 2022”.

Um congressista lembrou recente pesquisa do Datafolha. O instituto identificou o desempenho do ministro em 53% de ótimo e bom, conforme  entrevistados, enquanto o governante ficou na casa dos 30 pontos percentuais.

 

walgom.com.br

@Tervalsegom, no Twitter

Sem comentários
Escrever um comentário