O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

Juíza na fila para prefeitura carioca

 

Desenha-se o cenário para Glória Heloíza (ainda sem partido) ser apresentada como postulante à prefeitura do Rio de Janeiro. Quem articula o projeto é o governador do estado, Wilson Witzel (PSC).

Insatisfeito com a gestão de Marcelo Crivella (Republicanos, ex-PRB) no Executivo da capital, Witzel descarta apoio à reeleição do bispo (licenciado) da Igreja Universal do Reino de Deus.

Falou-se em composição com Eduardo Paes (DEM), mas não avançou. Ele foi prefeito (reconduzido) e chegou ao segundo turno, em 2018, mas foi Wilson Witzel quem ganhou o Palácio Guanabara.

WW elogia, e como, a opção por Glória Heloíza:

“A doutora em Direito tem experiência e é uma pessoa empolgada com o Rio. Gosta de carnaval e é religiosa. É um bom perfil que se transforma em grande candidata”.

 

walgom.com.br

@Tervalsegom, no Twitter

Sem comentários
Escrever um comentário