O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

Goldfajn prevê crescimento do Brasil

 

O Brasil é um transatlântico a caminho de bom porto, “mas precisa continuar na direção correta e não se espere que seja rápido”.

Fala assim o economista Ilan Goldfajn, presidente do Banco Central no governo Michel Temer (MDB) quando começou a cair taxa de juros e, na previsão dele, “veio para ficar e mudar a economia brasileira”.

Goldfajn prevê crescimento do país, em curto prazo, entre 2% e 2,5% e lembra que “nós evoluímos ao administrar inflação civilizada”.

Cita, também, que se percebeu a necessidade do ajuste de despesa ao longo prazo “e avançamos na reforma da Previdência”.

israelense-brasileiro nascido em Haifa, Ilan Goldfajn  graduou-se em economia na Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutorado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (EUA).

Pós-escrito: desde setembro deste 2019, Ilan preside o conselho do Credit Suisse no Brasil.

 

walgom.com.br

@Tervalsegom, no Twitter

Sem comentários
Escrever um comentário