O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

No Rio, PT cede espaço ao PSOL

 

Realismo forçado leva o PT a ceder espaço, que denomina “campo progressista”, a outras legendas, na formação de chapas para eleição municipal do próximo ano.

Em três capitais, hipótese de agora, apoia candidatos sob bandeira do PSOL: Marcelo Freixo (foto), no Rio de Janeiro; Edmilson Rodrigues, em Belém; e, na capital catarinense, Elson Pereira.

Freixo e Rodrigues são deputados federais; Pereira é suplente de deputado estadual.

Juliano Medeiros, presidente nacional do Partido Socialismo e Liberdade explica a união com o petismo:

“Surgimos como oposição ao governo Lula, mas isso foi há 15 anos. Agora, todos nós somos oposição a (Jair) Bolsonaro”.

Sem comentários
Escrever um comentário