O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

MDB adapta discurso para eleição 2020

 

Dia 6 de outubro, em Brasília, o ex-senador Romero Jucá (RR) transfere a presidência nacional do MDB ao deputado Baleia Rossi, da representação paulista.

Partido que mais perdeu espaço no Congresso Nacional em 2018, o Movimento Democrático Brasileiro recompõe discurso para enfrentar eleição municipal de 2020.

Maior representação de prefeitos e vereadores do país, o emedebismo sinaliza disposição de trocar o figurino de adesista pela análise crítica do bolsonarismo.

Sob o título ‘Resistir outra vez’, texto da Fundação Ulysses Guimarães, lembra o papel da legenda no movimento das ruas em defesa da redemocratização.

No documento, não cita o nome do presidente do Brasil, mas avalia a vitória do candidato sob a bandeira do PSL:

“Partidos enfraquecidos e a política arrasada, a eleição foi plebiscitária. Não houve o centro. De um lado, esquerda radicalizada e sem propostas. No outro, representante da direita alternativa que se espalha pelo mundo com pauta muito conservadora e pouco apreço pelas normas da democracia liberal e valores civilizatórios”.

Sem comentários
Escrever um comentário