O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

Deputada contraria cúpula do PDT

 

Tabata Amaral (PDT-SP), estreante na Câmara dos Deputados, foi surpreendida com a ameaça de expulsão da legenda se votar a favor da reforma previdenciária.

O presidente nacional do pedetismo, Carlos Lupi, deu o recado em reunião com a bancada.

Disse o dirigente:

“Quem apoiar as mudanças nas regras de aposentadoria propostas pelo governo de Jair Bolsonaro será punido com o desligamento”.

PDT, no registro da Corte Eleitoral, significa Partido Democrático Trabalhista.

Como adjetivo, democrático, por extensão de sentido, é antiautoritarismo. Se substantivo, refere-se a quem pratica a democracia com convicção.

A parlamentar vai em frente e leva companheiros.

E, agora, Lupi?

Sem comentários
Escrever um comentário