O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

Mourão vê sucesso Brasil com China

 

“Futuro das relações do Brasil com a China é extremamente promissor”.

Declaração em Pequim, ontem, foi do vice-presidente Hamilton Mourão, depois da reunião de despedida com o chefe do governo chinês, Xi Jinpjng.

Mourão ficou no país asiático de 19 a 24, cercado de gentilezas das autoridades e das pessoas com as quais esteve, conforme assessor do segundo na hierarquia do poder na República Surrealista dos Trópicos.

O brasileiro lembra que Brasil e China completam, neste 2019, 45 anos de relação bilateral:

“Considero um período extremamente significativo. Ao longo de todo este tempo, o nosso relacionamento só fez se estreitar e se aproximar cada vez mais”.

Um detalhe sublinhado: China é o maior parceiro comercial do Brasil, seja no fluxo do comércio, seja no investimento de empresas chinesas. Vai além de US$ 70 bilhões

Mourão lembrou que desde 2009 a China é o maior parceiro comercial do Brasil, seja no fluxo de comércio, seja no investimento realizado por empresas chinesas no país.

Atualmente, o volume de investimentos chineses no Brasil ultrapassa os US$ 70 bilhões. No ano passado a troca comercial bilateral superou os US$ 100 bilhões.

Sem comentários
Escrever um comentário