O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

Análise de quem estudou e transmite

 

Paulo Elpidio de Menezes, cientista político com passagem na cátedra universitária que o levou à missão de reitor, conhece e transmite a sabedoria.

Importa, e muito, neste momento de dúvidas e múltiplas interpretações, o pensamento racional de um estudioso que tem paixão pelo saber, pela transmissão do que aprendeu e, por isso, põe o selo da validade.

Menezes ensina:

“O homem é, por natureza, binário, maniqueísta. Esquerda e direita são categorias de uma topografia política que, na verdade, opõem egos dilatados”.

E explica:

“Jacobinos e girondinos cansaram de separar as cabeças dos troncos dos opositores, mas nem por isso se reconciliaram, história afora. Tornaram-se católicos e protestantes, comunistas e fascistas, dreyfusards e anti-dreyfusards, pró-Pétain e pró-De Gaulle…”

Conclusão apoiada no realismo:

”É da lógica da vida e das paixões. Ninguém desmancha esse nó…”

Sem comentários
Escrever um comentário