O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

Luiza concorre à sucessão de Raquel

 

Luiza Frischeisen (foto) iniciou campanha para suceder a Raquel Dodge na Procuradoria-Geral da República. Subprocuradora-geral e coordenadora da Câmara Criminal da PGR, ela começou movimentação eleitoral com informação direta do seu projeto aos colegas.

Prevê-se recorde na disputa e, até agora, Frischeisen é única mulher com candidatura confirmada. Dodge não sinaliza se pretende tentar o segundo mandato de dois anos. Dia 18 de junho é a data do pleito para montagem da lista tríplice.

Diz-se na área da Justiça que o presidente da República, a quem cabe a indicação ao Senado, deixa claro que pode ignorar o trio de preferência dos procuradores-eleitores.

Relação de pretendentes declarados, pela ordem alfabética:

Blal Dallol, José Robalinho, Lauro Cardoso Neto, Mario Bonsaglia, Níveo de Freitas e Vladimir Aras.

Sem comentários
Escrever um comentário