O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

Notas curtas para leitura rápida

 

Luciana Santos (PCdoB) governa Pernambuco de ontem (30) a domingo (5). Paulo Câmara (PSB), titular, cumpre agenda na Colômbia. É a primeira vez que uma mulher assume o Executivo no estado. Vice-governadora após deputada federal, ela integra cúpula nacional de seu partido ***** Ministro da Economia encontrou mais uma fonte de recursos para o Tesouro Federal. Paulo Guedes descobriu que a União é proprietária de 700 mil imóveis. Pretende pôr à venda os disponíveis, que são muitos ***** Pesquisador, sociólogo e presidente do diretório do PSDB paulistano, Fernando Alfredo vai comandar campanha de reeleição do prefeito da capital paulista, Bruno Covas ***** Duas convenções nacionais, neste maio, em Brasília: DEM, dia 30; PSDB, 31 ***** Reportagem publicada no The New York Times narra perda de crédito dos cidadãos brasileiros no seu Judiciário. Lamenta que ocorra no momento de o país ser dirigido por “presidente que expressa desprezo por liberdades civis”, salienta o jornal *****  18 de junho, eleição que define lista tríplice para Procuradoria-Geral da República.  Trata-se apenas de sugestão. O presidente da República é livre para escolher quem vai ser indicado aos senadores. Mandato de Raquel Dodge encerra-se exatamente três meses depois ***** “A diferença entre a literatura e o jornalismo é que o jornalismo é ilegível e a literatura não é lida” (Oscar Wilde, dramaturgo, escritor e poeta irlandês).

Sem comentários
Escrever um comentário