O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

Doria é desafiado pelo prefeito Covas

 

Convenção só em 2020, ano da eleição municipal, mas o PSDB paulistano aponta, desde agora, o prefeito Bruno Covas como candidato ao segundo mandato.

Ele assumiu o Executivo da capital depois da renúncia de João Doria, também tucano, para disputar e vencer a corrida ao Palácio dos Bandeirantes.

Bruno é neto de Mário Covas, um dos emedebistas criadores do PSDB que foi deputado e governou os paulistas. O herdeiro é tão persistente quanto o avô.

Na tentativa de ser polo de poder na legenda, distanciou-se, recentemente, de Doria. Confronta o companheiro eleito à prefeitura no primeiro turno de 2016 ao derrotar Fernando Haddad (PT).

Advogado e economista, Bruno contesta a pregação de “guinada conservadora e liberal” do bloco do governador e fala no retorno às origens da social-democracia e “dialogar com a esquerda”.

Sem comentários
Escrever um comentário