O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

PSL é sigla governista desorganizada

No PSL, alguns criticam a intransigência na maneira de o governo articular com o Congresso, outros são fiéis a todas as ações do presidente da República, e um terceiro grupo tem críticas à reforma da Previdência.

Há uma ala liberal no bloco número três que considera “parcimoniosa demais com os militares” e outra corporativista que atua na defesa de lei mais branda com os policiais – e como há deles no partido.

É complicada, portanto, a atuação do líder da bancada na Câmara, Waldir Soares de Oliveira (foto), que adotou Delegado Waldir como nome parlamentar.

Paranaense de Jacarezinho com domicílio eleitoral em Goiás, o advogado com pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal confessa sua angústia:

“Sou apenas líder do meu partido. O governo não tem base na Câmara, mas há pessoas com o papel de fazer o diálogo com o Parlamento. Elas estão desempenhando bem essa função? E eu é que tenho de colocar panos quentes? Eis a questão”.

Sem comentários
Escrever um comentário