O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

Notas curtas para leitura rápida

Opinião da procuradora-geral da República, Raquel Dodge (foto), em discurso oficial sobre início do governo Bolsonaro: “O Presidente inaugura mandato de mudanças e renova a esperança dos brasileiros” ***** Revelação de Ciro Gomes: seu grupo político ofereceu espaço à mineira-gaúcha Dilma Rousseff para concorrer ao Senado pelo Ceará, na eleição de 2018 ***** Ritmo lento da oposição no início do governo Bolsonaro é atribuído por alguns petistas a Lula da Silva. Foram recomendados a “observar” os primeiros atos do novo presidente para “modular” as críticas ***** Dario Berger, da bancada catarinense, caminha para suceder a Simone Tebet (MT) na liderança do MDB no Senado ***** No Fórum Econômico Mundial (22 a 25), representação brasileira vai fazer defesa enfática da reforma da Previdência e da autonomia do Banco Central. Agenda de privatizações e venda de ativos imobiliários também terá destaque ***** Como perguntar (ainda) não paga imposto, eis a questão: Tasso Jereissati (PSDB-CE) vai concorrer à presidência do Senado ou, pelo menos, contestar comentários grosseiros de Renan Calheiros (MDB-AL), favorito para voltar ao cargo?

Sem comentários
Escrever um comentário