O Porquê do Blogue

Brasil está no labirinto da indefinição. O momento estimula desafios e amplia debates. Tempo, portanto, da informação que detalha e da análise que orienta, ambas matérias-primas do jornalismo parceiro da verdade. Além da intermediação entre o fato e o leitor, este espaço pretende ser mais uma trincheira dos direitos e das garantias individuais. Também, da livre iniciativa e do enquadramento do Estado, ineficiente e caro, na prestação de serviços essenciais aos cidadãos, independentemente de cor, credo e gênero. Linha editorial independente exclui associação com o poder e a oposição, mesmo se forem reconhecidas a origem legal da conquista e a respeitabilidade do seu protagonismo. É compromisso. Acompanhe e critique.

Entre em contato!
walgom@uol.com.br

Bolsonaro: “O caso não é do governo”

Com a responsabilidade do cargo sustentada na pregação da campanha que o levou ao Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro declara:

“Esse caso não é do governo”.

Refere-se a depósitos suspeitos na conta bancária de Flávio, seu filho parlamentar, conforme relatório do temido Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

Pode ser classificada como correta a declaração do presidente da República, mas a proximidade do parentesco desenha nuvens de tempestade.

E isso ocorre nas vésperas da viagem do chefe do Executivo para falar no Fórum Econômico Mundial na gelada Davos, nos Alpes Suíços.

Na ausência dele, assume o vice-presidente, general Hamilton Mourão. Vai permanecer no gabinete de segundo da República e não comenta a questão Flávio Bolsonaro.

Repete, sim, seis palavras:

“Não vou comentar, vou aguardar esclarecer”.

Sem comentários
Escrever um comentário