Publicado em 20/04/2017 13:21:28

Cristiano Ronaldo faz apelo


aos fãs: 'Não me vaiem'

Luís Curro (*)

Dono de um dos dois maiores egos hoje no futebol (o outro é o de Ibrahimovic, do Manchester United), Cristiano Ronaldo deveria estar exultante.

Afinal, o atacante do Real Madrid marcou três vezes contra o Bayern de Munique na terça (18), no jogo que classificou o time merengue às semifinais da Liga dos Campeões da Europa.

Não foi só isso. No 4 a 2 no estádio Santiago Bernabéu, o português de 32 anos chegou aos 100 gols em partidas pela Champions League. Ele é o primeiro a atingir o feito.

O centésimo gol saiu no segundo tempo da prorrogação. O CR7 tocou para o gol aberto depois de excelente jogada do lateral brasileiro Marcelo, que arrancou desde o meio-campo e passou-lhe a bola após deixar três marcadores para trás.

Cristiano Ronaldo, porém, não estava totalmente feliz. Encerrada a partida, externou sua mágoa com a parte da torcida do Real que o vaiava até ele fazer o primeiro dos três gols, aos 31 minutos do segundo tempo.

“Só peço que não me vaiem. Sempre dou o meu melhor e, quando não faço gols, tento ajudar o Real Madrid,”, declarou ele, escolhido em quatro ocasiões o melhor jogador do mundo em eleição da Fifa.

Para alguém acostumado a ser ovacionado, idolatrado, bajulado, e que se alimenta dessa exposição social positiva, a vaia provoca estranhamento intenso, e machuca profundamente.

A verdade é que torcedores do Real ficaram mal acostumados. O CR7 é um superartilheiro, quase sempre balança as redes, luta com todas suas forças para fazer gol(s) em todas as partidas.

Nem sempre acontece, e uma parcela dos aficionados pela equipe de Madri acaba perdendo a paciência com o ídolo, que parece estar em campo apenas para ser servido pelos companheiros – pouco ajuda na marcação.

Se o português tem sucesso na primeira ou segunda oportunidade clara de fazer o gol, cala os críticos. Quando desperdiça esse tipo de chance, entra na mira dos mais exigentes.

No duelo com o Bayern, contudo, ele não tinha perdido nenhum gol fácil até superar o goleiro Neuer e marcar o primeiro gol de seu time.

(*) Jornalista



Deixe um comentário


Criar Conta WALGOM



Logar